domingo, 25 de dezembro de 2016

É Natal!


Que Deus abençoe a todos!

Célio Azevedo

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Depeche Mode - Enjoy the Silence

Grande clássico. Ótima influência musical.


Eu Nunca fui Ateu


Na verdade, eu nunca fui ateu. Sempre fui apenas contra alguns maus evangélicos fanáticos ignorantes e hipócritas, que nunca aplicaram em suas vidas o modo de vida cristão aprendido ou não em suas igrejas ou seitas, e que só sabiam cuidar da vida de outros indivíduos, contra pastores semi-analfabetos, liderando seitas satânicas, e contra o espantalho criado por eles mesmos sobre a Igreja católica. Basta ver que a principal argumentação do ateísmo veio da Reforma Protestante.

Também conheci excelentes cristãos evangélicos, católicos, ortodoxos, etc. Para não ser injusto, também fui contra alguns católicos que viam em seu livre-arbítrio o pretexto para serem hipócritas com sua religião, de certa forma não vivendo mais o modo de vida da doutrina cristã. O problema foi sempre contra os maus cristãos e suas heresias, nunca contra os bons, nunca contra Deus. Sempre acreditei na transcendência do indivíduo.

Em minha visão de Mundo aumentada com a vida, através do estudo e do intercambio cultural que fiz e faço viajando a outros países sempre quando me é permitido, resolvi enxergar tudo como realmente é. A ciência também não me trouxe respostas absolutas. Pois tudo no universo me trazia a um motor móvel inicial.

A mesma situação foi com relação ao comunismo e a ideologias. O meu materialismo foi superficial. Eu tentei enganá-los por um tempo e consegui. No entanto, por motivações individuais decidi voltar a viver a minha vida, o que era mais importante.

Dessa forma, nunca fui ateu.

Célio Azevedo.

Jornalista e Analista Político.