segunda-feira, 2 de julho de 2018

O principal erro de Kant


Não existe conceito mais autocontraditório de que não existem verdades absolutas. O relativismo de que não existe verdade universal é um erro de leitura da realidade e induz ao erro.

Kant acreditava que só podemos conhecer aquilo que passa pelos nossos cinco sentidos, todavia dizia também que podíamos conhecer racionalmente as coisas que não passam pelos nossos sentidos, o que seria impossível.

O homem seria parte do universo, e você não pode compreendê-lo porque não está fora dele. Você pode ter acesso ao objeto, mas não ao conteúdo deste objeto. Em consequência disso, a verdade existe mas você não tem acesso à ela, tu tens somente o agir moral. Kant não admitia a existência do universal, nem no mundo material, nem no mundo inteligível.

Segundo Santo Agostinho, o conhecimento só vale se for para chegar até Deus. A mente, como a parte superior da alma humana, é a imagem da Santíssima Trindade. Ainda que de forma limitada, conhece verdades eternas através da iluminação divina, cujo fim é levar o homem à Verdade Universal.

Dessa forma, entende-se que podemos buscar a verdade absoluta através da transcendência divina e que a filosofia não deve ser centrada apenas no homem, como é na modernidade.

Célio Azevedo.
Cientista Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trolls não serão respondidos e nem tolerados. Apenas ignorados e banidos!
Sejam civilizados, por gentileza!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.